Como Eliminar as Compras Compulsivas

O maior problema da sociedade hoje sobre o financeiro é não priorizar no orçamento os recursos que realmente são importantes para a qualidade de vida e a realização pessoal (viagens, passeios, lazer…). Existem pessoas que são compradoras compulsivas, gastam mais do que deviam com algo que nem precisavam. O comportamento prejudica o orçamento e a criação de riqueza. Só que essas pessoas fazem com que seu prazer seja gastar em coisas que não são realmente recompensadoras.

Você é uma Pessoa Compulsiva ?

Pessoas compulsivas, além de perderem seu dinheiro, também diminuem seu poder de compra, sendo que esse impulso muitas vezes é criado pela ausência de objetivos. Fazendo dívidas, comprando o carro não pode pagar, ou comprando uma casa que não poderá pagar, ou indo a um shopping comprar roupas ou sapatos que não vai usar, acumula livros que não irá ler, apenas por impulso. Isso por que seu desejo de realizar determinados objetivos não estão sendo priorizados e por isso gera impulsos no cérebro para tirar o atraso de vontades não efetuadas.

Como eliminar as compras Compulsivas ?

Muitas pessoas, acabam economizando seu dinheiro, com o objetivo de fazerem sua viagem dos sonhos, ou comprar seu tão sonhado carro, ou sua casa. Essas pessoas criaram metas, focaram no seu objetivo e pouparam, sendo assim, não possuem tanta facilidade de gastar com coisas desnecessárias, não têm o desejo ou sede de comprar tanto quanto aquela pessoa que vai ao shopping e compra vários sapatos. Na grande parte comprada de forma impulsiva, como um portal para satisfazer um prazer momentâneo, compensando a falta de satisfação pessoal do seu cotidiano.
Consumir é um ato de prazer e riqueza, é sim uma satisfação de bem-estar, quem não gosta de ir uma loja e comprar uma roupa, ou um sapato, ou qualquer item que seja.

Não Deixe de Comprar, Mas Tenha Cuidado

Gostamos de comprar para quebrar a rotina para nos dá prazer, nos deixar bem. Porém é essencial que você possua um consumo regular, crie objetivos claros, para que a compulsão não sensibilize o seu projeto financeiro, curta mais a vida, para que o prazer das compras se torne pequeno diante do que você realmente almeja.

Então meus amigos, para que você não se torne um comprador compulsivo, ponha em prática o que você realmente deseja, ponha isso em mente, e priorize isso, foque, para não ser desviado com pequenos prazeres momentâneos, se sua mente gerar esses pequenos prazeres, vai acabar adiando o seu objetivo e vai ficar cada vez mais difícil de alcançá-los.

Home

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *